Viagens pela Internet

Faz agora um ano que deixei de ser um trabalhador no activo pois no entender da minha médica devia descansar e, ainda, segunda ela, devia requerer a minha aposentação o que se acabou por se concretizar. É verdade que na minha actividade profissional e que se resumia á área do planeamento e programação, profissão essa que desenvolvia numa empresa de construção naval http://www.envc.pt/. era um trabalho extremamente exigente e cansativo do ponto de vista mental, pois lidar com cálculos matemáticos, planeamentos e programação numa área tão complexa como é a construção de um navio. Tanto mais que não tendo qualquer formação académica, o que só por si me obrigava a estudo e esforço redobrado.
Por não ser menos verdade também tenho que referir que, pesou mais nesta decisão o facto de trabalhar e descontar para a Segurança Social á mais de 42 anos e pelo meio ter prestado serviço militar em África
Neste último ano tenho dedicado bastante do meu tempo a estas viagens pelo mundo na Net, a que se convencionou chamar blogosfera. Primeiro nos chats para discutir um assunto específico, bater papo, fazer amigos conversar tendo com isso estabelecido algumas relações sérias que ainda se mantêm e depois passando para os blogs.
No mundo dos blogs encontramos escritores, amantes de animais, donas de casa, experts em informática, profissões liberais, web-designers e muitos jornalistas e professoras. A variedade dos temas é sempre rica: de amores e paixões à literatura, passando pelas notícias de informática e de ajudas e análise do país e do mundo. A grande vantagem é ser um território livre, onde se escreve (e publica) o que se quer.
Para mim o blog é para dividir coisas que descubro na Internet e não só, além de curiosidades do quotidiano e do dia-a-dia do mundo doido em que vivemos.
Tenho de facto conhecido muita gente de variados extractos sociais e formações académicas que muito me tem enriquecido e que vão desde uma costureira a uma jurista, de um serralheiro a uma arquitecta, de uma estudante a uma psicóloga. E o que noto em todos eles ou elas é que são carentes de variadas coisas e formas e isso é mais nítido nos chats ou nos vários mensageiros que aí proliferam onde as conversas são em tempo real.
Penso que as pessoas que procuram a Net para conversar, é porque estão carentes e solitárias e quando tem afinidades e se identificam com os amigos virtuais demonstram o que sentem como se estivessem a falar para dentro deles próprios, sendo nós como um refúgio uns dos outros.
Todos os que me conhecem melhor, sabem que eu por natureza gosto de ajudar seja no aspecto profissional, pessoal, familiar e também aqui porque não? Se tudo o que vou aprendendo tem sempre algo de alguém que também em ensinou.
Portanto… enquanto tiver alguém que me queira aturar, cá continuarei conhecendo novos amigos, adquirir conhecimentos e também tentando publicar sempre alguma coisinha.

Anúncios
Explore posts in the same categories: ... de Opiniões

One Comment em “Viagens pela Internet”

  1. Silvia Says:

    Boa tarde!!!!

    Como é bom poder fazer parte, de alguma forma, do seu mundo.
    Conhecer uma pessoa assim como vc nos inriquece a vida e por isso tenho de agradecer ao genios da informatica pk sem eles isso talvez não fosse possivel.
    Não tenho toda sua bagagem, mas quando precisar de uma amiga, estou aki.
    Continua escrevendo, vc faz isso muito bem e nos dá oportunidade de conhecer a historia de ponto de vista de km realmente a viveu.
    Parabéns e obrigada por tua amizade
    Um beijo gde
    Silvia


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: