Romaria da Senhora d´Agonia terminou em beleza


Data de 1744 a veneração de Viana do Castelo à Virgem da Agonia, invocada pelos pescadores para que o mar lhes seja benigno. Fixado o dia 20 de Agosto para as festas em sua honra, em 1772 uma portaria régia autorizou a realização de uma feira franca na cidade, nos dias 18, 19 e 20 do mesmo mês. Desde então, a romaria da Senhora d´Agonia tornou-se numa das mais belas, senão a mais bela, coloridas e grandiosas festas populares de Portugal.
Vários cortejos animaram os três dias das festas, acompanhados de muita música e gente bonita que veste os mais belos trajes tradicionais do Minho: o desfile da mordomia, acompanhado por foguetes e bandas de música saúda a Comissão das Festas e os mais altos representantes da cidade, terminando na Praça da República onde os “zabumbas” fazem vibrar os seus enormes bombos e desfilam os “Gigantones” , enormes e estranhas figuras que há mais de cem anos vieram de Santiago de Compostela animar a Romaria d´Agonia; o cortejo etnográfico, com os carros alegóricos que recordam os costumes dos trabalhos do Minho, da terra e do mar, verdadeiro museu vivo de etnografia; o cortejo histórico que conta, numa mistura de lenda e realidade, histórias que marcaram Viana do Castelo.
A admirável procissão do mar simboliza a ligação profunda da cidade com o elemento que lhe forjou a história e parte da sua sobrevivência.
A imagem da Senhora d´Agonia com o seu manto roxo e azul é embarcada numa traineira, entre foguetes e repique dos sinos, e vai abençoar o mar para que ele seja sempre generoso no sustento e na bonança. A embarcação que leva a Senhora navega por entre um cortejo de centenas de barcos com os mastros embandeirados, regressando no final do dia à sua capela barroca, onde as portas ficam abertas para a devoção.
Milhares de pessoas espalham-se por tasquinhas e restaurantes onde a cozinha portuguesa, regada com o vinho verde da região, parece ter um sabor mais vivo, enquanto outras se juntam em redor dos coretos para escutar as bandas de música. Na última noite dos festejos, sobre a ponte centenária do rio Lima, onde se reflectem as luzes das embarcações, uma brilhante cachoeira de fogo de artifício anuncia que a festa da Senhora d´Agonia terminou.

Anúncios
Explore posts in the same categories: ... das Regiões

3 comentários em “Romaria da Senhora d´Agonia terminou em beleza”

  1. Anonymous Says:

    Festa preparada com todo requinte,alegria,e devoção .,resultando num clima de magia.
    A energia,se espalha por todos os cantos.
    A imagem,com toda sua beleza,é tranportada com toda dignidade e acompanhada pelos devotos,tendo o mar presente,agradecido ,e abençoado.
    Tudo coroado,pela alegria.
    Que essa festas,sempre estejam preservadas,e passadas as gerações
    Ligia

  2. Anonymous Says:

    Luzes que brilham das embaracações,juntando aos fogos de artificios que bailam no céu ,num espetáculo de beleza a NOssa Senhora da Agonia.
    Nossa Senhora que derrama proteção ao povo de Viana De Castelo.,sempre ,e ao mar que tudo diz………..
    Maria Álvares

  3. andreia Says:

    E uma festa muito fixe…….E superhipermega ri fiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiixe beijoz


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: