Tu que dizes não…

sim.jpg

Mulher triste e que chora
Incompreendida e julgada
Pelo homem e pela sociedade
É muitas vezes abandonada

Quem es tu para dizer
Que te preocupas com a vida
Qual vida?! Sim, qual vida?!!
Do embrião?!
Ou desta sociedade empobrecida?

Falas de Deus, falas de crime
E só pensas em punição
Onde está essa moral?
Aprendeste isso com a Religião?!

Deixa a mulher decidir,
Não sejas tu a puni-la
Não julgues o que não conheces
E aprende a defende-la.

de uma amiga

Jogar com as palavras

Anúncios
Explore posts in the same categories: ... da Poesia, ... da Política & sociedade, ... da Vida

8 comentários em “Tu que dizes não…”

  1. Fernando Says:

    Os meus parabéns a essa amiga.

  2. Isabel Says:

    Ainda bem que há pessoas assim. Que sentem e se metem na pele das mulheres que sofrem.


  3. O não julgmento é fundamental para que possamos viver e conhecer de fato a noss essência. O julgamento vem do ego, que deve ser apenas o coadjuvante em nossas vidas e não o comandante. A amiga nos mostra que devemos sim, olhar primeiro as nossas “sombras” e aceitá-las como nossas, ao invés de tentarmos descobrir as sombras que nem conhecemos. Sejamos mais autênticos e centrados, e veremos que um mundo onde as pessoas vivem embasadas na tolerância e na prática do amor incondicional (viemos aqui para aprender isso), é muito mais belo e prazeiroso.

    Parabéns.

    May

  4. Inconformado Says:

    Direitos???
    Sim, direitos.
    O direito à VIDA !!!
    O direito de nascer !!!
    Eu votaria SIM ao aborto, há 60 ou 70 anos atrás… antes de todos vocês terem nascido…
    Talvez hoje vivêssemos num mundo melhor.
    Matem-se a vocês próprios.
    Não matem inocentes que não se podem defender e que não pediram para ser concebidos.

  5. Fernando Says:

    O Inconformado defende o aborto selectivo.

  6. Barbara Duarte Says:

    decidir se se deve ou não dar luz a uma criança… é um direito da mulher, dado que esse facto pode alterar a vida toda dela… e da criança inclusive.
    E para finalizar de vo acrescentar que no meu ponto de vista não se deve por uma vida ja constituida á frente de uma que ainda não se considera vivida.

    Os meus parabens á autora…
    Gostei,
    Sinceramente
    Barbara Duarte

  7. Barbara Duarte Says:

    E para finalizar de vo acrescentar que no meu ponto de vista não se deve por uma vida ja constituida atras de uma que ainda não se considera vivida.

  8. MI Says:

    Este tema já devia ser pacífico há muitos anos, só não o é porque somos um povo que ainda anda à procura de saber se realmente pertence à espécie humana, eu explico a todos aqueles que dizem que defendem a vida. Quando essas pessoas dizem que defendem a vida, que são pela vida, etc., pergunto a esses senhores: Vocês alimentam-se de quê ? Essas pessoas têm uma perpectiva redutora do que é vida, vida, tem todo o ser que nasce e morre. Claro que essas pessoas vão argumentar que estou a comparar seres humanos (embriões) com animais, claro que não, os embriões são projectos de seres, animais e plantas são seres autónomos, portanto, já nascidos.
    Só por má fé é que se confunde embriões com vida humana, em termos de direito os embriões/fetos/etc. não têm personalidade jurídica, não são seres humanos porque o ser humano tanto fisicamente, psiquicamente é um ser com existência própria, claro que todos nós gostamos dos nossos “projectos”, é muito díficil separar a emoção da razão quando nos “toca” a nós, agora não podemos confundir as coisas só para defender a nossa posição. Mas o mais importante é não “proibir” os outros ao direito de escolha (até porque sempre se fizeram), pois quem não está de acordo com a liberização do aborto, não é obrigado a fazê-lo.

    Abraço Zé Marques
    PQ. 541/70


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: